Sem categoria 16/04/2014 06:05

Viaduto do Baldo faz falta e provoca prejuízos

Por fatorrrh_6w8z3t

Um engenheiro, leitor do Fator RRH, manda uma mensagem através de sinais de fumaça com um cálculo interessante.
Ele mostra o tamanho do prejuízo que a interdição do Viaduto do Baldo, em Natal, em outubro de 2012, é capaz de provocar na economia.
Vejam as contas feitas pelo engenheiro:
Caro Ricardo.
Impressionante como o custo Brasil impera nesta nação, principalmente pela incompetência do gestor público e/ou justiça.
Fiz umas continhas e veja só o resultado.
Segundo estimativas, sobre o viaduto do baldo passam 10.000 automóveis diariamente.
O viaduto está interditado deste o dia 4 de outubro de 2012, decorridos 560 dias até hoje.
Sendo assim, deixaram de passar sobre o viaduto no período supracitado 5.600.000 veículos.
Se considerarmos que cada automóvel aumente seu percurso em 1,0 km por dia com o consumo médio de combustível de 10,0 km/litro.
(OBS.: Este percurso é bem maior. Jamais este viaduto seria construído para diminuir a distância para os usuários em apenas 1,0 km.)
Teremos uma frota de 5.600.000 automóveis aumentando o percurso em 5.600.000 km, com o consumo de 560.000 litros de gasolina.
Com o custo da gasolina de R$ 3,00 por litro, obtemos o custo total de R$ 1.680.000,00
Abraços.
Qualquer dúvida ligue!

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista