Sem categoria 20/11/2013 05:01

Câmara começa a discutir ética dos vereadores

Por fatorrrh_6w8z3t

unnamede unnamedeeA Comissão de Ética Parlamentar da Câmara Municipal de Natal se reuniu nesta terça-feira (19) para começar a ouvir os vereadores que entraram em desacordo com o regimento da Casa por ocasião da ocupação do pátio externo do prédio.
Um processo foi instaurado para investigar a troca de acusações no plenário envolvendo os vereadores Adão Eridan (PR), Amanda Gurgel (PSTU), Sandro Pimentel (PSOL) e Aroldo Alves (PSDB).
O vereador Adão Eridan foi o primeiro a ser ouvido e disse o que espera após o encerramento do processo que move contra o parlamentar Sandro Pimentel. “Não estou aqui com a intenção de cassar o mandato de nenhum colega. Entretanto, espero que a Comissão de Ética avalie os fatos e estabeleça a punição justa”, afirmou.
Segundo ele, Sandro Pimentel costuma fazer acusações equivocadas a seu respeito quando faz uso da palavra no plenário da Câmara ou através da imprensa.
O presidente da Comissão de Ética Parlamentar, vereador Bertone Marinho (PMDB), falou sobre os próximos passos do processo.
“Vamos ouvir todos os envolvidos na questão, avaliar as alegações finais e depois preparar o relatório com todas as informações”, esclareceu, informando que nesta quarta-feira (20) será a vez de o vereador Sandro Pimentel prestar seus esclarecimentos.
De acordo com o vice-presidente da Comissão de Ética, vereador Bispo Francisco de Assis (PSB), os fatos serão analisados e a justiça será feita com isonomia.
“É importante que a partir de agora passe a existir mais respeito entre os parlamentares, porque do jeito que está não pode continuar”, concluiu.
Fonte e foto: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista