Senado Federal 22/07/2021 12:00

CPI da Pandemia comete os mesmos excessos que a Lava Jato, diz advogado

O advogado criminalista Celso Vilardi disse à CNN que a comissão exerce pressão sobre os investigados

Em entrevista à CNN, o advogado criminalista e professor da FGV-SP Celso Vilardi afirmou que a CPI da Pandemia tem cometido “os mesmos excessos ou muito parecidos com o que se critica na Operação Lava Jato”.

“Para que uma pessoa seja punida, os direitos precisam ser cumpridos e não é isso que estou vendo”, disse Vilardi.

“Vejo cotidianamente uma pressão sobre os investigados, adjetivação absolutamente desnecessária e ameaças de prisão em relação ao direito ao silêncio.”

O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias teve prisão decretada pelo presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM). Ele foi solto após pagar fiança no valor de R$ 1.100.

Apesar das críticas, Vilardi reforça a importância do trabalho da CPI. “É um instrumento importante da investigação, principalmente se tratando de uma crise sanitária jamais vivida pelo mundo e pelo Brasil”, explicou.

“Precisamos punir quem praticou coisas erradas? Sim, mas na forma da lei, senão não vai gerar impunidade.”

Deu em CNN

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista