Governo Federal 01/09/2020 10:59

Auxílio emergencial de R$ 300 reais foi prorrogado por mais 4 meses

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta 3ª feira (1°.set.2020) que a prorrogação do auxílio emergencial será de R$ 300 reais por mais 4 meses.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta 3ª feira (1°.set.2020) que a prorrogação do auxílio emergencial será de R$ 300 reais por mais 4 meses.

A extensão será feita por meio de medida provisória.

“O valor de R$ 600, como vínhamos dizendo, é muito pra quem paga, no caso o Brasil. E, podemos dizer que não é 1 valor suficiente para todas as necessidades, mas basicamente, atende”, disse Bolsonaro, ao justificar a redução do valor. “O valor definido agora há pouco é 1 pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais.”

A declaração foi feita depois de reunião com ministros e líderes de partidos governistas no Palácio da Alvorada. Essa será a 2ª prorrogação do benefício.

O auxílio emergencial foi criado para mitigar a crise econômica causada pela pandemia da covid-19. Com o isolamento social, milhões de brasileiros ficaram sem trabalhar. Até essa 2ª feira (31.ago.2020), o governo federal liberou R$ 184,6 bilhões a 67,2 milhões de beneficiários.

A 1ª parcela começou a ser paga em abril. Muitos ainda não tinham feito o cadastro. A intenção era fazer 3 pagamentos de R$ 600 mensais. Com a continuidade da pandemia no país, o governo prorrogou o benefício por mais 2 meses em 30 de junho.

O pedido para receber as 5 parcelas podia ser feito até 2 de julho. Hoje, há 1 escalonamento de pagamentos de acordo com a data em que o beneficiário conseguiu fazer o cadastro e o mês de seu aniversário. Haverá pessoas recebendo até 15 de dezembro.

Deu em Poder360

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista