Sem categoria 25/08/2017 10:45

Ação contra o Governador foi feita "ao arrepio da lei", acusa advogado

O advogado José Luiz Oliveira Lima, que defende o governador Robinson Faria, afirmou em entrevista que a investigação que resultou na Operação Anteros “foi feita ao arrepio da lei”. “Não há nos autos nada que incrimine o governador. Registro, ainda, que a investigação foi feita ao arrepio da lei e no momento certo isso ficará público”, cravou José Luiz Oliveira.

Deu no Portalnoar
Por Dinarte Assunção
O advogado José Luiz Oliveira Lima, que defende o governador Robinson Faria, afirmou em entrevista que a investigação que resultou na Operação Anteros “foi feita ao arrepio da lei”.
“Não há nos autos nada que incrimine o governador. Registro, ainda, que a investigação foi feita ao arrepio da lei e no momento certo isso ficará público”, cravou José Luiz Oliveira.
Indagado se ele enxerga uso político da estrutura do Ministério Público, como defende uma ala dos juristas brasileiros, ele afirmou que não acredita nessa tese.
“Tenho respeito pela instituição do Ministério Público. Não acredito que seus integrantes possam fazer uso político do cargo”, rebateu o advogado.
Em defesa de Robinson, José Luiz Oliveira Lima ainda afirmou que o governador “não praticou qualquer ato irregular, muito menos obstrução de justiça”.
A defesa ainda afirmou que “o passado e o presente do governador comprovam ser ele um homem de bem e correto”.
Afastamento
Desde o meio da semana, um suposto pedido de afastamento do governador começou a ser ventilado nos bastidores. A Procuradoria Geral da República não confirma nem nega o pedido já que o processo corre sob sigilo. O advogado do governador rechaça a hipótese.
“Não existe nenhum motivo para o afastamento do governador, que sempre pautou o exercício do seu mandato pela legalidade”, afirmou o advogado.

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista